[EVENTO] Grande Torneio da Campina I

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Re: [EVENTO] Grande Torneio da Campina I

Mensagem por Jonathan Baratheon em Ter Dez 26, 2017 11:23 pm

O corvo fitou Nymera com seus olhos negros enquanto o jovem falava:
- Não poderia esquecer aquele rosto. Eu mesmo marquei ele com minhas mãos. Apenas peço que não o mate imediatamente, mas sim capture-o. Ambos temos mais a ganhar com ele vivo que morto. - disse Jonathan, agora se virando para Koude. - Se conseguir tirar algumas informações dele, além do pagamento pelo serviço, te oferecerei o cargo de Primeiro General da Tempestade.
Jonathan se aproximou das cortinas ao seu lado, puxou uma e deu de cara com um céu sem nuvem nem lua, apenas estrelas iluminavam o céu noturno. Olhou mais uma vez para os olhos dos dois. O corvo se aconchegou em seu braço e abaixou a cabeça.
- O torneio começa amanhã. O número de pessoas é sempre maior tanto no primeiro dia como no último. Mesmo assim é provável que ele ataque a qualquer hora. Por isso, Koude, poderia escoltar Milady nesses dias? Eu serviria de alvo secundário, já que não confio em qualquer informação e tenho minha própria guarda.
“ Quem estaria mandando essas tentativas de assassinato?” Pensou Jonathan “ Eu irei me vingar, pela minha falecida mãe e por meu pai.”
Olhou para os dois a procura de respostas.


550/550hp
490/500st
avatar
Jonathan Baratheon
Senhor das Terras da Tempestade
Senhor das Terras da Tempestade

Mensagens : 14
Data de inscrição : 18/10/2017
Localização : Ponta da Tempestade, Terras da Tempestade

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] Grande Torneio da Campina I

Mensagem por Koude Swann em Ter Dez 26, 2017 11:43 pm

Koude Swann

Koude ouviu tudo. No final, era um trabalho relativamente comum. Se ouve-se mesmo um assassino ele teria como lidar, aquela não era a situação perfeita, mas também não impossível.

A parte mais dificil do pedido do Baratheon era escoltar a Martell, não acreditava que ela concordaria com isso facilmente, ela tinha seus próprios homens e sua própria guarda e Koude não era insensato ao ponto de duvidar da guarda de uma nobre de tamanha importancia.

Mas, não tinha mal em tentar cumprir essa ordem e ela não dessgradava o Swann

-Milady adoraria provar minhas habilidades. -Disse respondendo a um dos comentários da Martell. - Sei que receber um estranho entre suas fileiras não é muitl agradável e não duvido que você possa se virar sozinha, mas um pouco de ajuda especializada é bom, principalmente quando não é você que vai pagar não? -Disse com um sorriso travesso.

Fitou a Martell sem desviar o olhar nenhuma vez, sem demonstrar nenhuma animozidade ou qualquer sentimento além de curiosidade.

-Então, por mim esse trabalho está aceito, mas partes dele depende de você milady. -Deu uma pausa para respirar. -Não forçarei nada nessa parceria, nesse momento sou um profissional e nada mais, está em suas mãos o quão juntoa vamos trabalhar

Deixou o corpo tombar na cadeira como um rei tombaria no trono sem temor algum nos olhos e um sorriso travesso.

-Jonathan, um trabalho de tal importância deve ter recursos ótimos, não. -Falava sem a deixar de se concentrar na Martell -Proteger a vida de alguém... Diferente para um mercenário... mais bem interessante. Quanto acha que podems gastar juntos Nymera Martell?

O sorria aumentou em seu rosto. Os olhos faiscavam, havia se tornado um dia bem interessante
avatar
Koude Swann
Senhor de Pedrelmo
Senhor de Pedrelmo

Mensagens : 18
Data de inscrição : 18/10/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] Grande Torneio da Campina I

Mensagem por Nymera Martell em Qua Dez 27, 2017 12:54 am

Pude sentir uma ligeira tensão no ar, Ele falara sério? Ele vai designar o mercenário? Seu vassalo? Para escoltar alguém que seus antepassados juraram matar até os últimos descendentes?, suspeitei que o Lorde Baratheon mandaria o Swann para espiona-la mais do que guardar, posso suspeitar que isso também é um plano para ajudar em sua morte, já que Ponta Tempestade nos odiava tanto quanto os Tyrells.

- Posso tentar, mas em caso extremos eu vou matar o seu assassino sem nem pensar duas vezes, prezo mais pela minha vida e dos meus do que tudo - pode ver certa negação ao pedido de Jonathan em relação ao Swann lhe seguir da parte dos gêmeos.

- Nós podemos cuidar muito bem da Senhora Nym - Arsh foi o primeiro a se manifestar, avançou um pouco colando na cadeira, pode sentir sua barriga atrás da minha cabeça - Não precisamos de um mercenário que exibe a guarda Morgulhis como se fossem animais de estimação, duvido que consiga manejar realmente uma espada - pude ouvir homens ameaçando pegar nas espadas, mas os gêmeos não se abalaram, o olhar frio de Arsh ainda estava sobre Koude.

- Arsh - chamei me virando um pouco pro lado - Pode ser bom termos uma ajuda, sei que não gosta deles, mas - voltei meus olhos aos azuis do meu lado - Talvez como o Senhor Swann tenha mais experiência neste assunto, ele será de grande ajuda.

Quando ele me chamou pode sentir algo estranho no seu olhar, uma mistura de ironia e algo mais escuro, maldade, depois quando ele falou de eu receber alguém em minhas fileiras não pude conter o sorriso, Você não vai ficar nas fileiras, e sim do lado do Arsh e do Dart.

- Depende, há vários tipos de pagamentos - sorri, agora foi um sorriso maldoso, devolvendo o seu olhar de antes - Como o preço do sangue, do aço, como os homens de ferro gostam de chamar - voltei a postura anterior.

Achava intrigante o como ele não desviava os olhos dos meus, pudia ver sua pupilas se dilatando de leve e voltando ao normal, não pudia evitar que aqueles olhos em certos momentos fizeram o meu coração aumentar um batimento ou dois, e aquilo não me agradou, Tenho que sair daqui.

- Então por mim esse trabalho está fechado e acredite Lorde Swann - dei-lhe um olhar fixo e frio ao mesmo tempo - Não é comum as pessoas me forçarem a algo que eu não queira.

- Quando receber, e o perigo tiver passado vamos ao primeiro bar que vermos pela frente, quero um barril de vinho, gelado de preferência - devolvi o sorriso - Mas senhores, devo me retirar, a noite é curta e temos um torneio para... - Competir - Celebrar, me deem licença - me levantei e sai do quarto.

Ao sair do Grande Salão agradeci pela lufada de vento de vento fresco que me engoliu, caminhava apresadamente temendo que Sarch tivesse plantada em frente a sua tenda.

- Como pode aceitar a proposta daqueles homens, pode ser uma armadilha minha capitã - já esperava a reclamação de Arsh - Como pode aceitá-lo perto da senhora?

- Ele não ficará perto de mim e sim de vocês - disse sem parar de andar - Acho que vou ter que pedir que Sarch fique perto de mim e mandar alguém buscar Smir, ele tem o dom de se misturar aos homens como se os conhece a anos, só com um sorriso e um copo de bebida - não gostava dessa situação, alguém atrás de si, aceitar um homem da tempestade entre os seus - Koude Swann não é um Lorde e sim um mercenário, sua maneira de se portar, falar, agir mostram isso, e com esse tipo sabemos lidar.

- Ele olha como um assassino, alguém frio, não duvido que já tenha matado várias pessoas - Dart falava do outro lado - Mas ele olha para senhora como homem, não como assassino.

- Como assim? - parei por uns instantes - De que maneira ele mais me olharia já que ele é homem.

- Não é isso o que eu...

- Ele quer lhe levar para sua tenda minha capitã, e de preferência para sua cama aonde eu tenho certeza que tenha penas de ganso no colchão e no travesseiro - Arsh interrompeu com sua voz suave e olhar um tanto maroto - Acha que não estávamos de olho Senhora Nym? ``Veja e não fale´´, a senhora nos ensinou isso.

- Vejo que ensinei bem - voltou a andar, mas não de pensar no jovem Swann, os olhos azuis como um céu sem nuvens, ou como mar límpido.

Ao chegar em minha tenda encontrei Sarch do lado de dentro, lhe dei um abraço e um beijo na testa, ela cumprimentou os meninos.

- Sarch - lhe chamei a atenção - Temos muito o que conversar.

ST: 490/500
HP: 550/550
avatar
Nymera Martell
Princesa de Dorne
Princesa de Dorne

Mensagens : 22
Data de inscrição : 19/10/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] Grande Torneio da Campina I

Mensagem por Cecilian Blackwood em Qua Dez 27, 2017 1:30 am

Cecilian Blackwood


Estava em minha tenda sozinha, quando Ethan deu o ar de sua graça, indaguei-me por alguns segundos como ele havia passado para minha tenda sem minha autorização, e então me lembrei de sua autoridade sobre os soldados e da facilidade de convencer as pessoas a fazerem suas vontades. Levantei-me de minha cadeira para dispensá-lo, eu precisava descansar. Porém, ele logo tomou as palavras certas para me fazer escutá-lo.

Ethan era previsível, no começo a conversa era apenas zombaria sobre o banquete, porém eu sabia que ele tinha um objetivo sobre tudo isso. Deixei que ele conduzisse a situação para ver até ele iria comigo e o que ele queria propor a mim.

Com a voz suave e sussurrante, podia sentir o ambiente mudando. Antes zombeteiro, e agora um comportamento de quem queria me manipular, ele não estava apenas me tocando ou querendo possuir meu corpo, estava me tentando me comprar para que eu fizesse a vontade dele. Ele já havia feito isso antes, mas dessa vez não reagi. Não reagi, porque ele citou o seguinte nome: Tymo.

O calor parecia tomar conta de meu corpo, mas não era a ele quem eu queria, e ele sabia disso. Sugeriu a ida à tenda e a capa. Era incrível a capacidade de Ethan de planejar coisas erradas quando o vinho tomava conta dele.

Não hesitei com a sua proposta, estava decidida em me acertar do jeito certo com o Tymo, aquilo precisava acabar, e só havia uma maneira disso parar de nos consumir. Peguei a capa de Julliety, era uma capa vermelha, diferente da minha a qual era preta, cobri-me com o capuz e segui com Ethan até a tenda de Tymo.

Imaginei a ira de Tristan sobre nós por alguns instantes, mas me desfiz desses pensamentos para seguir a vontade que sempre esteve presente desde que me dei conta de que ela existia.

Não tive problemas em entrar na tenda, Ethan se desfez dos guardas para ficar na entrada e eu entrei. Deparei-me com Tymo sozinho, seus olhos arregalaram, estava surpreso, principalmente quando retirei o capuz. Ele não disse nada e continuou sem mexer um músculo. Apenas me fitava sem piscar, como se não quisesse me perder de vista. Senti-me como um dos seus alvos.

Aproximei-me dele, ficando em sua frente, desfiz-me da capa e afrouxei as amarras do vestido para que  caísse com facilidade deixando o meu corpo a mostra. Passei com as mãos em  seu peito até chegar aos ombros, subi um pouco na ponta dos pés e toquei seus lábios com os meus. O desejo que deveria se esvair, apenas crescia a cada momento que se passava com seus lábios grudados aos meus, o corpo estava tão próximo que podia senti-lo rígido. Eu já havia o visto nu, sabia o quanto era grosso.  

Afastei meu corpo, em pequena distância, com o braço para que ele se sentasse na cadeira, a qual estava próxima de nós, e me sentei nele; soltei um leve gemido enquanto segurava seus cabelos e conduzia o movimento de subida e descida em seu corpo. O beijava ardorosamente para disfarçar gemidos mais altos e para tomar um pouco de fôlego. Estava me viciando naquela situação, a paixão estava se tornando um sentimento cada vez mais forte e envolvente o qual eu não queria me desfazer.

Já não haviam mais desculpas para minha entrega, Tymo era o homem que eu queria pertencer e naquela noite não hesitei em aceitar a ser dele.

Deuses Antigos ouvi-lo

ST: 490/500
HP:550/550
avatar
Cecilian Blackwood
Senhora dos Rios e do Tridente
Senhora dos Rios e do Tridente

Mensagens : 14
Data de inscrição : 19/10/2017
Localização : Ilha dos Ursos

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [EVENTO] Grande Torneio da Campina I

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum